• Instagram Querida Ansiedade
  • Youtube Querida Ansiedade
  • Pinterest Querida Ansiedade
  • Facebook Querida Ansiedade

Querida Ansiedade® | 2016-2020 | Todos os direitos reservados

  • Camila Wolf

5 razões para você rever o uso do celular e cuidar da sua saúde mental



Você vive ansioso, preocupado e com mil coisas, mas sente dificuldade em desligar a cabeça e encontrar a paz? Saiba que o uso excessivo do seu telefone pode estar dificultando ainda mais esse processo.


Com o uso crescente da tecnologia, estamos nos tornando cada vez mais dependentes desse pequeno aparelho. Utilizamos para enviar mensagem, passar o tempo, conversar com pessoas queridas, trabalhar... Enfim, pense no que você quer e o celular pode te ajudar a encontrar uma forma mais fácil de chegar lá.


Talvez você saiba que o ser humano é a única espécie que é capaz de criar uma ferramenta e ser tornar escrava dela.


Quem já esqueceu o celular em casa ou ficou sem dados móveis no caminho de uma festa, sabe muito bem do que estou falando.


Mas qual o impacto disso na sua saúde mental?


Você já parou para observar quantos diálogos, relacionamentos, pensamentos e momentos de produtividade foram interrompidos por uma notificação? Hoje vamos falar de cinco motivos para você repensar a forma como usa o celular e assim cuidar da sua saúde mental.



1 - Você diminui as interrupções e todo estresse associado à elas


Com dezenas de aplicativos instalados no celular e mensagens chegando a cada cinco minutos, sua atenção acaba seriamente comprometida.


Você sabia que uma pessoa recebe em média 47 notificações por dia?


Parece besteira, mas interfere no seu dia a dia. Os pensamentos acontecem num fluxo e a cada interrupção, você precisa se esforçar para voltar ao estado anterior, gerando um estresse desnecessário.


Para evitar as notificações excessivas, você pode configurar no seu celular quais aplicativos podem enviar mensagens e quais você pode silenciar. Dessa forma, é você quem escolhe se quer ou não receber as novidades.


Outra sugestão é deixar o telefone no silencioso em momentos importantes do seu dia, como por exemplo, durante as refeições, encontros com a família e pessoas importantes e também nos períodos de maior produtividade no trabalho.


2 - Você diminui a pressão emocional


Estar disponível 24 horas por dia atrapalha estar no momento presente e essa presença on-line constante pode gerar culpa se não responder imediatamente às mensagens. Já existe até uma palavra para isso:


Telepressão - o sentimento de obrigação para responder mensagens imediatamente.

Pesquisadores que conduziram estudos sobre esse tipo de sentimento perceberam que estudantes que sentem a obrigação de estar sempre conectados, apresentam maior tendência ao esgotamento afetivo, senso de autocontrole empobrecido, noites de sono mal-dormidas, dificuldade em manter o foco.


Você pode combinar com seus amigos e familiares que irá responder em poucas horas, mas nem sempre instantaneamente. Lembre-se que cuidar da sua saúde mental é mais importante do que estar sempre disponível.


Até porque, a vida é aquilo que acontece enquanto você está no seu smartphone.


3 - Sobra mais tempo para descansar


Como foi dito acima, nosso celular carrega um universo de possibilidades. Você pode ligar para alguém, acessar qualquer tipo de conteúdo ou se entreter assistindo horas e horas de vídeos. Talvez também perder horas jogando seu jogo favorito. Com tantas opções a serem exploradas, seu corpo cansa e cabeça também.


A tela azul do celular, a posição do pescoço e dos braços exigem muito do nosso corpo.


O cansaço mental também está presente uma vez que a cabeça não para por nenhum segundo. Pode ser que você tenha a impressão que assistir um vídeo ou jogar sejam atividades de descanso, mas no final das contas, você esteve o tempo todo conectada, com o cérebro funcionando. E isso cansa.


Aprender a ter um equilíbrio entre o on-line e off-line te ajudam a se manter no momento presente descansando a cabeça, aproveitando o tempo no aqui e agora, além de desfrutar as oportunidades diárias de troca com o ambiente ao seu redor.


4 - Sobra mais tempo para cuidar de si


Você já parou para observar quanto tempo perde olhando para o celular? Atividades simples, que duram segundos, quando somadas no final do dia, ultrapassam o limite de horas ali, no mundo digital.


Ponderar sobre o uso racional do celular e a quantidade de tempo investida ali, te abre uma janela de cuidado para si mesma(o).


Se o seu tempo não está sendo preenchido com distrações, você consegue observar a realidade (isso inclui você), perceber as necessidades que estão emanando do aqui e agora e pensar em recursos ou atividades para satisfazê-las.

Agora se o seu foco é manter-se conectada(o), provavelmente muitas coisas irão passar em branco e outras tantas precisarão ser adiadas para um outro momento.


Estudos mostram que nós gastamos 135 minutos por dia nas redes sociais. Alterando o foco de um terço do tempo, você pode incluir na sua rotina atividades como: caminhada, leitura, meditação, ouvir música, cozinhar, tomar café com algum amigo, brincar com o cachorro. Enfim, atividades do mundo real, que envolvam o contato com o outro (seja esse outro humano ou não, vivo ou não).


5 - Sua autoestima melhora


Passar menos tempo com o celular na mão, olhando viagens perfeitas, fotos trabalhadas no filtro, relacionamentos amorosos idealizados implica na promoção da sua saúde mental.


Nós humanos temos o péssimo hábito de nos compararmos com os outros, especialmente quando não estamos satisfeitos com a nossa vida. Quando estamos tristes, tendemos a nos comparar com pessoas que naquele momento, parecem estar melhores do que a gente, o que faz com que nos sintamos ainda pior!


Aproveite o tempo extra fora do celular para olhar para dentro de si e encontrar aí dentro, as coisas que realmente fazem bem para si. Experimente redirecionar seu foco, atenção e tempo para buscar essas coisas e assim aumentar seu sentimento de realização.


Talvez você comece a ver as situações de forma diferente e essa comparação com o outro idealizado e cheio de filtros, se torne coisa do passado.



Os celulares e a facilidade de comunicação com certeza facilita muito a nossa vida e cada vez menos temos condições de imaginar uma vida sem esse aparelhinho.


Mas assim como tudo na vida, é preciso equilíbrio. O mesmo remédio que cura, quando em excesso acaba se tornando um veneno.


Aprender a utilizar o celular, desfrutando de tudo o que ele tem a oferecer e sem se tornar escravo da tecnologia, é um desafio que hoje precisamos enfrentar.

Estar presente, ter qualidade de vida, qualidade nos nossos relacionamentos e na percepção que temos de nós mesmos é fundamental para a nossa saúde mental.


Experimente colocar em prática e me diga como foi.


Se você já fez um detox digital, comenta aqui embaixo e deixe que outras pessoas aprendam com a sua experiência.


Agora se você quer saber um pouco mais sobre como as redes sociais afetam a sua saúde mental, recomendo esse vídeo abaixo: